30 janeiro 2014

O Inferno do meu Eu - Poema de Christine Aldo


O Inferno do meu Eu

Este é um dia, de pura reflexão,
Um dia decisivo para minha vida;
Este é um dia, onde tudo parece possível
Um dia triste, onde o sorriso chora

Eu te ofereço o meu céu
Você pode ser livre, ou quem sabe se perder

São apenas palavras, que podem seduzi-la
Que saltam da minha mente, e toca sua alma
Transformam nossos dias, dá um novo sentido à vida
Se você pode sentir, eu estou do teu lado

Eu te ofereço o meu céu
Você pode ser livre, ou quem sabe se perder
Se você quiser experimentar este céu
Terá que provar o amargo do meu mel
Eu te ofereço o meu céu, pra você se perder

Este é um dos dias, em que o sexo não me fará falta
Em que o inverno, não pode tocar o calor da minha alma,
 Este é um dos dias, Em que eu não estou bem comigo 
E que nem por isso, Irei duvidar da minha fé

Se você quiser experimentar o meu céu, 
Terá que provar o amargo do meu mel
Vejamos até aonde você pode chegar, 
Ao tocar o inferno do meu eu.

Christine Aldo
São Paulo, 30 de Janeiro de 2014

Eu te ofereço o meu céu
Você pode ser livre, ou quem sabe se perder...