12 setembro 2014

Metade não Eu - Poema de Marcelo H. Zacarelli


Metade não Eu

Hoje a lua promete
Promete ser você
Promete ser eu...
Ninguém quer ser o céu
Imenso e obscuro
Você não o quer
Eu também não.

Estamos os dois a querer ser lua
Justo hoje que ela promete
Que se faz pela metade
Metade minha, metade sua...

Deixemos de bobagem
Quando urgem as núpcias dos amantes
A recíproca é a mesma do cinismo
Da sua parte a feminina
Da minha o machismo.

Tentamos então nos desvencilharmos
Quando você sou eu
Quando eu sou você
Repartamos o lado obscuro
A face oculta da nossa vaidade.

Estamos os dois a querer ser lua
É certo que hoje não a podemos
Hoje a lua está à metade
Metade você
Metade não eu.

Marcelo Henrique Zacarelli
Arujá, 12 de Setembro de 2014

Quando você sou eu
Quando eu sou você...