21 setembro 2013

Meias Rasgadas - Poemas de Marcelo H. Zacarelli


Meias  Rasgadas

Hoje acordei
Roupas pelo chão
Café fervendo no fogão
O rádio ligado
Tocando uma canção
Levantei de meias
Rasgadas neste frio chão
Busquei um objetivo
Não tinha nada no coração
Olhei em volta de mim
Não tinha culpa 
E nem razão
Ao sair pelo mundo a fora
Estava certo de que procurava
Algo com sentido
Ou a solidão 
Olhei para o relógio
O tempo parecia correr
Mais do que as batidas
Do meu coração.

Marcelo Henrique Zacarelli 
Itaquaquecetuba (SP), Novembro de 2002 no dia 07