22 novembro 2013

Sozinha Outra Vez - Poema de Christine Aldo


Sozinha Outra Vez

Despertando de um sono profundo
Ouço da janela negra tua voz ao longe
Vidraças quebrando...
Em meu pensamento visões retorcidas
Eis que trouxe dos meus sentimentos;

A dor é nada mais que uma mentira
Eu até tentei acreditar em você
Ao acordar para a realidade 
Eu me vi sozinha outra vez.

O mar é cinza nos teus olhos
E eu queria afogar as pétalas negras
Do meu sofrimento...
Traga-me de novo ao meu mundo retorcido
Eu viverei das mentiras e dos nossos medos;

A dor é nada mais que uma mentira
Eu até tentei acreditar em você
Ao acordar para a realidade 
Eu me vi sozinha outra vez.

Estou despertando de um sono profundo
Ao longe ouço teus sussurros
Vidraças quebrando em meus pensamentos
Ao acordar para a realidade 
Eu me vi sozinha outra vez.

Produzido por Christine Aldo
Village, Março de 2012 no dia 30

Vidraças quebrando em meus pensamentos...