20 março 2015

O Homem Duplicado - Meus Livros


O Homem Duplicado
José Saramago

O Homem Duplicado é o título do livro de autoria do escritor português José Saramago, publicado em 2002. 

Tertuliano Máximo Afonso é professor de História. Ao visionar um filme banal chamado "Quem porfia mata caça", que um colega de matemática lhe recomendara, descobre que um dos atores é um sósia seu. O argumento do livro é a sua demanda, e depois confronto com o ator que é seu duplicado, Tertuliano Máximo Afonso para descobrir o nome do seu sósia começa a alugar filmes da mesma produtora e ao mesmo tempo fazia uma lista na qual ia riscando nomes da sua lista, quando o seu sósia não aparecia nos filmes fazendo 1º de personagens figurantes mas que lentamente subiu na carreira de ator, dado que no filme "A Deusa do Palco", (último filme da mesma produtora) ele fazia de diretor do teatro (uma das personagens principais). À medida que a sua pesquisa ia avançando, Tertuliano Máximo Afonso ia ficando cada vez mais perto da realidade, até que descobriu o nome do seu sósia, chamava-se Daniel Santa-Clara. Uma história que se lê de um fôlego e na qual Saramago se revela mestre do suspense. Romance que nos faz lembrar um thriller onde o autor aborda questões ligadas à identidade (e à falta dela).

Estrelado por: Jake Gyllenhaal

Sinopse: Adam Bell (Jake Gyllenhaal) é um professor universitário de história que leva uma vida solitária. Ele é idêntico ao homem que assistia ao show erótico. Um colega puxa assunto e recomenda-lhe um filme. Adam vê um ator que é fisicamente igual a ele. Após buscar o nome nos créditos do filme, Adam identifica Daniel St. Claire, nome artístico de Anthony Claire. Adam aluga os outros dois filmes de Anthony e passa a exibir um comportamento obsessivo por ele. Sua namorada, Mary (Mélanie Laurent), irrita-se com sua mudança de comportamento e o deixa.

Adam e Anthony combinam de se encontrarem num quarto de hotel, e descobrem que são cópias idênticas um do outro, incluindo uma cicatriz. As personalidades, entretanto, são opostas: Adam é tímido e gosta de livros; Anthony é impulsivo e sexualizado. Adam se assusta e se afasta de Anthony, que começa agora a perseguir Adam. Ao descobrir sua namorada, Mary, ele obriga Adam a lhe emprestar suas roupas e carro para que ele tenha relações sexuais com ela. Anthony a leva para o mesmo hotel onde ele se encontrou com Adam. Enquanto isso, Adam resolve ir ao apartamento de Anthony, e encontra lá Helen, que parece perceber algo diferente e pede a Adam para ficar.
No hotel, Mary entra em pânico ao ver a marca de aliança no dedo de Anthony, que se passava por Adam, e pergunta quem ele é. Ela o obriga a levá-la embora para casa, mas os dois brigam no carro e eles sofrem um grave acidente. Ambos morrem.

Saramago: por Bottelho...

José de Sousa Saramago (16 de Novembro de 1922 — 18 de Junho de 2010) foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português.

Foi galardoado com o Nobel de Literatura de 1998. Também ganhou, em 1995, o Prêmio Camões, o mais importante prêmio literário da língua portuguesa. Saramago foi considerado o responsável pelo efetivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa. A 24 de Agosto de 1985 foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada e a 3 de Dezembro de 1998 foi elevado a Grande-Colar da mesma Ordem, uma honra reservada apenas a Chefes de Estado.

O seu livro "Ensaio sobre a Cegueira" foi adaptado para o cinema e lançado em 2008, produzido no Japão, Brasil, Uruguai e Canadá, dirigido por Fernando Meirelles (realizador de O Fiel Jardineiro e Cidade de Deus). Em 2010 o realizador português António Ferreira adapta um conto retirado do livro "Objecto Quase", conto esse que viria dar nome ao filme "Embargo", uma produção portuguesa em co-produção com o Brasil e Espanha.