02 janeiro 2017

Agora Eu quero Chorar! - Poema de Christine Aldo


Agora Eu quero Chorar!

Você não pode imaginar minha querida
Quantas lágrimas se misturam com a chuva
Acredite apenas, isso é o bastante...
Quantos anos se passaram, eu espero pelo seu perdão
Você deve estar perdida em algum lugar onde mora a solidão

Eu procuro por você em cada gotícula de chuva, 
em cada poço seco de verão
Eu não sou perfeita, sou eu mesma...
Não estou disposta a parar, nada pode me fazer voltar atrás
Esse amor não pode mais me ferir, por que estou cega e louca por você
Deixe que a chuva caia, e molhe totalmente o meu rosto
Se você não vai voltar para mim, não pense que eu vou te esquecer...

Agora eu quero chorar!
Eu prefiro chorar pelos dias sem você...
Quem sabe se a chuva parar
As lágrimas secarão, com ou sem você.

Christine Aldo
Village, 11 de janeiro de 2016

Deixe que a chuva caia,
e molhe totalmente o meu rosto