30 julho 2013

Há um Amigo que se Foi - Poema de Marcelo H. Zacarelli

Ninilson "Brincando com o Rádio"

Há um Amigo que se Foi

Ainda chove nesta estrada triste
Eu saio correndo atrás do sol
Na esperança de te encontrar;

Porque tudo ficou mais triste
Sem você pra me fazer sorrir
Eu queria poder entender;

O que posso dizer
Um adeus há um estilo de vida
Um adeus há um velho amigo
(Você me faz falta)
Um adeus as canções da Legião...
Mas você sempre estará comigo
Nas minhas canções;

Você era meu palhaço amigo
Que fazia a vida ter sentido
Você era assim;

Eu ando tropicando nas pedras
Procurando pelos mesmos caminhos
Eu tento ameno te encontrar;

Se as estradas tiverem um fim
Eu sei que lá na frente nós encontraremos
Uma razão para tudo que acreditamos
(Isto eu aprendi com você)
Enquanto isso eu vou enganando a felicidade
Mas não por muito tempo meu amigo
(Por que você foi embora?)
Eu jamais conseguirei entender.

E assim a tarde se vai
Levando a correnteza das lágrimas
Você era meu palhaço amigo.

“Em Memória do Amigo Ninilson, 
para sempre em meu Coração”

Produzido por Marcelo Henrique Zacarelli
Village, Setembro de 2011 no dia 05.

Em Memória de "Ninilson"

Ninilson foi um grande amigo do Poeta Marcelo H. Zacarelli. Faleceu em uma noite ao ser atropelado no bairro do Itaim Paulista, uma morte estúpida que só faz aumentar a dor de sua perda. Fica este poema em sua homenagem, um amigo "Palhaço" que nos fazia rir... Fica na lembrança, os amigos que curtiam a Legião Urbana, e cantavam nos karaokês de Itaquaquecetuba. Em memória aos amigos: Marcelo Zacarelli, Edmir Alves, Genival e Renato. Adeus meu grande amigo, "Descanse em Paz"