03 agosto 2013

Gandhi – Filme


Desde o século XVIII, por meio da Companhia Inglesa das Índias Orientais, o Império Britânico passou a colonizar gradativamente o território indiano, assumindo já no século XIX, todo o controle político e consequentemente o domínio militar e cultural. A trajetória de lutas pela independência da Índia teve um importante marco com a Revolta dos Cipaios (1857), que foi sufocada pelo Imperialismo britânico. Outro grande marco de lutas pela liberdade indiana foi a propagação da política de não-violência liderada por Mahatma Gandhi.

É justamente sobre esse tema que Richard Attenborough dirige seu filme biográfico. Trata-se de um filme indicado para o Oscar em onze categorias e ganhador de oito - um drama biográfico produzido por ingleses e indianos.

O filme começa com o assassinato do grande líder e sequencialmente com o seu cortejo fúnebre. Em flash-back, volta-se ao passado, para o tempo em que o jovem advogado Gandhi encontrava-se na África do Sul. Período esse em que teve contato pela primeira vez com o regime de extrema discriminação racial - o apartheid. Acredita-se que o episódio em que fora expulso de um trem por se recusar a deixar a primeira classe, seja o “despertar de sua consciência social”, sua visão humanista e universalizante.


Ben Kingsley, (Krishna Pandit Bhanji em Scarborough, North Yorkshire, 31 de Dezembro de 1943) é um ator inglês de ascendência indiana (Gujarati) e russo-judaica. Foi premiado com o Globo de Ouro, o BAFTA e o Oscar de Melhor Ator, em 1983 pelo papel como Mahatma Gandhi em Gandhi. O seu pai, Rahimtulla Pandit Bhanji, foi um médico nascido no Quênia de ascendência indiana, e a sua mãe, Anna Lyna Mary Bhanji, uma modelo e atriz.



Ben Kingsley também apareceu com frequência na televisão, tendo sido o seu primeiro papel uma aparição fugaz em "Coronation Street" e no telefilme de 1995 Moisés no papel principal. Aparece no filme "Guerra S.A Faturando Alto", junto com Hilary Duff, John Cusack e Marisa Tomei. "Em Homem de Ferro 3" o ator aparece como o Mandarim, suposto vilão do filme.


Mohandas Karamchand Gandhi (Porbandar, 2 de outubro de 1869 — Nova Déli, 30 de janeiro de 1948), mais conhecido popularmente por Mahatma Gandhi (do sânscrito "Mahatma", "A Grande Alma") foi o idealizador e fundador do moderno Estado indiano e o maior defensor do Satyagraha (princípio da não-agressão, forma não-violenta de protesto) como um meio de revolução. O princípio do satyagraha, frequentemente traduzido como "o caminho da verdade" ou "a busca da verdade", também inspirou gerações de ativistas democráticos e anti-racismo, incluindo Martin Luther King Jr. e Nelson Mandela. Freqüentemente Gandhi afirmava a simplicidade de seus valores, derivados da crença tradicional hindu.


Richard Samuel Attenborough, (Cambridge, 29 de agosto de 1923 - 24 de Agosto de 1914) foi um ator, produtor e diretor de cinema britânico. Richard Attenborough era irmão de David Attenborough, e era casado com a atriz britânica Sheila Sim desde 1945, com quem teve três filhos. Era pai do diretor cinematográfico Michael Attenborough e da atriz Charlotte Attenborough.


Minha nota para este Filme é ( 9.0 )

Prêmios: