03 agosto 2013

Apocalypse Now – Filme


Em plena Guerra do Vietnam, por volta de 1969, um alto comando do exército americano designa o capitão Willard para matar o coronel Kurtz, que tinha enlouquecido, chegando a assassinar inocentes no interior da selva do Camboja.

Subindo o rio num barco de patrulha e escoltado por quatro soldados, Willard depara-se com situações inacreditáveis e absurdas geradas pela guerra enquanto examina os documentos a respeito do coronel. Ao chegar ao seu destino, percebe que os nativos adoram Kurtz como a um deus e terá de decidir se cumpre ou não a sua missão.


A canção do início do filme, com cenas de um incêndio na floresta, provocado por um ataque estadunidense de bombas napalm, sendo repetida numa versão diferente no final do filme, é "The End", um dos maiores sucessos da banda de rock The Doors. Copolla ameaçou suicidar-se por várias vezes durante as filmagens, que foram todas feitas nas Filipinas apesar da história se passar no Vietnã.


Marlon Brando, que aparece somente na parte final do filme, exigiu que seu personagem fosse mostrado somente em tomadas escuras, a fim de disfarçar a sua obesidade, o que acabou dando ao seu personagem, o "Coronel Kurtz", um ar sombrio e enigmático. Há outra versão, que essa opção na verdade teria partido do diretor e não de Brando.


Martin Sheen (nome artístico de Ramón Gerardo Antonio Estévez; Dayton, 3 de agosto de 1940) é um premiado ator estado-unidense, conhecido por suas performances como capitão Willard no filme Apocalypse Now. O ator Martin Sheen sofreu um enfarte durante as filmagens.


Jim Morrison, vocalista do The Doors, estudou com Coppola na faculdade de cinema da UCLA. Uma homenagem do diretor foi inserir a música dos Doors, 'The End', na trilha de (Apocalypse Now). Além de encaixar-se no contexto do filme, a música fez a banda ser conhecida pela nova geração de fãs.


Francis Ford Coppola (Detroit, 7 de Abril de 1939) é um produtor, roteirista e cineasta norte-americano, reconhecido internacionalmente por dirigir a aclamada trilogia "The Godfather". É pai da também cineasta Sofia Coppola e tio do ator Nicolas Cage. Foi indicado 14 vezes ao Oscar e 5 vezes a Palma de Ouro de Cannes.

Minha nota para este Filme é ( 8.5 )


Prêmios: