22 novembro 2013

Vozes da Saudade - Poema de Christine Aldo


Vozes da Saudade

O relógio parece correr mais que o pensamento
E o tempo é inimigo das nossas verdades
Será que ainda podemos nos ver?
A vida sem você me trouxe conseqüências
E ficar só me fez acreditar que só aumenta a dor;

À noite cai e o frio é insuportável
E o pior é que sem você eu não consigo ver...
O meu coração mente o tempo todo pra mim
Que em breve ao amanhecer você estará aqui
Você precisa acreditar que ficar só aumenta a minha dor;

Ouço vozes estranhas da saudade
A noite parece nunca mais terminar...

Queria que soubesse que andei sozinha
Desejando em segredos e fazendo planos
Será que podemos nos ver?
Será que o tempo poderá parar agora
Eu preciso me blindar da solidão;

À noite cai e o frio é insuportável
E o pior é que sem você eu não consigo ver...
O meu coração mente o tempo todo pra mim
Que em breve ao amanhecer você estará aqui
Você precisa acreditar que ficar só aumenta a minha dor;

Ouço vozes estranhas da saudade
A noite parece nunca mais terminar...

Produzido por Christine Aldo
Village, Março de 2012 no dia 30

O relógio parece correr mais que o pensamento...