22 dezembro 2013

Até Quando? - Poema de Christine Aldo


Até Quando?

Até onde o olhar pode alcançar?
Eu te procurei no infinito
Em cima desta ponte 
Parece não ter fim
Parece inalcançável, 
Onde o sol se põe?

Mas se a tarde vai, e a noite cai
As luzes brilham ao longe;
Procuro o brilho dos teus olhos
Dentre elas se escondem,
Me confunde em cima desta ponte.

Até quando vou insistir a procurar?
A ponte passa, o sol se põe,
As luzes se apagam...
O certo é que a solidão,
Ela me acompanha,
Mas, até quando?

Christine Aldo
Cotia (SP), 16 de Dezembro de 2013

Dentre elas se escondem
Me confunde em cima desta ponte...