01 dezembro 2013

Vitimas - Poema de Christine Aldo


Vitimas 

Esta noite está propícia para um abandono
De lágrimas jogadas ao vento ou um sorriso tristonho
Quantas vezes nos falamos ou calamos
E a vida passa assim em um segundo
Não há mais tempo para perdermos, então...

Teremos que escolher se queremos ser vitimas
Ou autores desta nossa despedida;
Eu não tenho mais lágrimas para chorar
E você motivos para duvidar
A noite está á um fio da navalha
E tudo que eu te peço é para você resolver

Seremos vitimas de um sorriso antigo
A chama que acendeu nossos corações
Hoje é cinza em noite de abandono

Quantas vezes nos falamos ou calamos
E a vida passa assim em um segundo
Não há mais tempo para perdermos

A noite está á um fio da navalha
E tudo que eu te peço é para você resolver.


Christine Aldo
Village, Outubro de 2011 no dia 04

Teremos que escolher se queremos ser vitimas
Ou autores desta nossa despedida...