04 janeiro 2014

Paradigmas de um Pensamento - Poema de Marcelo H. Zacarelli


Paradigmas de um Pensamento

Tentei prender-me em um pensamento
Imaginei um deserto;
Tudo era parecido diante daquilo
Que meus olhos podiam alcançar
Superar meus limites era um desafio
Levaram-me  falhar a percepção
Junto a um delírio delinquente da imaginação
Passei a cria imagens irreais no poder do meu raciocínio

A serpente veio ao meu encontro no deserto
Trouxe-me o poder, em troca do que restava da minha consciência
Tentei retornar a lucidez, mas algo me seduziu por completo
A fama, a inteligência e o poder;
Eu tinha apenas que pagar um preço
A cada grão daquele maldito areal
Resplandecia a luz do sol em meu rosto
O vale da sombra da morte
Era aquilo que eu criava dentro de mim
O céu e o inferno caminhavam juntos
E você pode evitá-los por alguns segundos
Basta você retornar deste deserto
São apenas paradigmas dos teus pensamentos

A serpente é nada mais que:
Um distúrbio emocional do teu cérebro
Controlado pelo desejo repulsivo, de uma máquina humana
Que as vezes se perde com o tempo;
Tentei prender-me a um pensamento
Imaginei você... Logo vi que era um deserto intransponível
E que atravessá-la, era um delírio; Sede demais da minha boca
Areia insaciável das minhas alucinações.

Marcelo Henrique Zacarelli
Itaquaquecetuba, 06 de Janeiro de 2003

Basta você retornar deste deserto,
São apenas paradigmas dos teus pensamentos...