24 maio 2015

Houve um Tempo - Poema de Christine Aldo


Houve um Tempo

Houve um tempo em que eu...
Perdia o equilíbrio por causa de você
Houve um tempo em que eu
Fazia loucuras pelo seu amor

E agora o meu coração é uma porta aberta
Onde todos os sonhos devaneiam
Veja onde estou agora; fumando um cigarro
Sem pressa para ir embora

Houve mesmo um tempo...
Tempo em que eu perdia o sono
Pensando em você
Hoje as noites são frias,
A cama vazia,
A solidão atemoriza...

Todos os meus pensamentos são teus
Por isso querida, minha alma inquieta
Não quer te dizer adeus

Estou cansada de chorar por você
Vou reerguer-me agora,
Vou olhar para mim
Houve um tempo em que eu
Só vivia pra você.

Assista o vídeo que inspirou este poema (Clique no link abaixo)

Christine Aldo
São Paulo, 08 de Dezembro de 2014
(Bairro Santa Cecília)

Veja onde estou agora; fumando um cigarro
Sem pressa para ir embora...