24 maio 2015

Um Sonho que Jamais vou Esquecer - Poema de Christine Aldo


Um Sonho que Jamais vou Esquecer

Eu tenho um sonho...
Sonho que jamais vou esquecer

Chego a pensar que esta
Será a noite da nossa despedida
A última noite de uma mulher ressentida
Olho ao meu lado
E vejo o quanto estou sozinha
Lágrimas inúteis cairão
Por si só derramarão as dores
Por um amor não correspondido

Eu tive um sonho...
Sonhei que pudesse ser capaz de te esquecer
Pensei que pudéssemos ser amigas
Foi você quem disse más; sem pensar (é claro)

Eu acabo de matar mais um cigarro
Enquanto minha alma se desfaz

Eu preciso acabar com este sonho
Sonho que jamais vou esquecer
Se eu perder a elegância, ou descer do salto
Você vai julgar que é pra chamar a atenção
E vai dizer, não acredito!
Pro inferno com as suas interpretações.

Assista o vídeo que inspirou este poema (Clique no link abaixo)

Christine Aldo
São Paulo, 01 de Setembro de 2014
(Largo de Moema)

Se eu perder a elegância, ou descer do salto
Você vai julgar que é pra chamar a atenção...